Mega Artesanal 2013: Eu fui!

8 de julho de 2013

Meninas, ainda estou recuperando minhas energias gastas em um fim de semana pra lá de especial. Eu fui para Mega Artesanal! \o/

Tudo começou na sexta-feira, dia 05/07, quando partimos, uma amiga e eu, para São Paulo numa excursão do tipo bate-volta, com escolta armada e tudo. Na única parada que fizemos para jantar, notamos que os escoltadores eram tão lindos que a vontade era de seguir viagem com eles, não com aquela mulherada toda no busão... kkk 

A viagem de ida foi tão tranquila que, em um momento da viagem, o ônibus parou por minutos intermináveis e eu pensei: vamos seguir viagem ou não? Detalhe: o ônibus estava se preparando para entrar na garagem da empresa, lá em SP, e o motorista estava esperando sabe-se lá o quê. Imaginem que surpresa a minha... Eu pensando que tinha mais um trecho de viagem, quando na verdade eu já estava lá.

Bem, isso era 5h da manhã. Como a Mega Artesanal abriria somente às 11h, aproveitamos o tempo livre para curtir a Feira da Madrugada e a 25 de março. 

Na Feira da Madrugada ficamos o tempo necessário para encontrar um banheiro e fazer uma refeição. Mas é claro que até encontrá-los, aproveitamos para apreciar tudo o que encontramos no trajeto. Neste lugar, é possível comprar roupas com preços bem em conta, porém de qualidade duvidosa. Fiquei pasma ao encontrar lenços e cachecois por R$5,00 quando pagamos mais de R$50 em Santa Catarina. E é óbvio que os lojistas daqui buscam as peças lá... Enfim... 

Lá pelas 6h, fomos para 25 de março. Muitas lojas fechadas, mas muitas abertas também. Logo na primeira loja eu me detonei... kkk Armarinhos Fernando é tudo de bom. Lá eu comprei: fitas de cetim, cordões de cetim, viés, linhas, soutaches em diversas cores... Em seguida fomos para outra loja de aviamentos, que não me lembro do nome, nem na nota fiscal tem... kkk Nesta loja, comprei: etiquetas, plaquinhas para enrolar linhas, sianinhas em tons pasteis e lantejoulas... Numa terceira loja que fomos, não comprei nada, pois o forte são os artigos para festas infantis, interessante para minha amiga.

Amei, amei, amei a quarta loja que fomos, Niazi Chohfi. Como diz o slogan: O mundo maravilhoso das compras. São tantos tecidos lindos, que é de enlouquecer! Comprei três composês e TNT. Eu me contive muito para não gastar neste lugar, pois o meu objetivo era aviamentos. E como sou uma pessoa bem determinada, ainda mais quando se tem uma lista de compras em mãos, a qual não estava inclusos os tecidos. Ficou para próxima vez que eu for para SP. Sim, haverão as próximas... kkk

Voltamos para o Braz às 9h30 para reencontrar o pessoal da excursão e seguir adiante: Mega Artesanal! Lá chegamos por volta das 11h, enfrentamos duas filas gigantes: para comprar ingresso e depois para entrar. Neste espaço, fomos muito bem recepcionados com música e globo de luzes... Parecia uma festa! Depois que entramos, fizemos um lanchinho mega bom e iniciamos a caminhada por todos os estandes.

Em cada estande, o expositor teve o cuidado de preparar uma novidade para nós visitantes. Um cursinho aqui, outro acolá, uma demonstração, uma amostra grátis... enfim... Eu me apaixonei pelos sabonetes da Sabuh, todos em formatos e cheiros de frutas e guloseimas, dá até vontade de comê-los... kkk É lógico que fiz umas comprinhas ali para presentear pessoas queridas.



Sabonetes de pipoca, milho, maçã do amor, marshmallows... hummmm! 

A Casa da Mega também foi um atrativo a parte: imaginem uma casa toda, com todos os ambientes totalmente decorados por artesãos. Que sonho morar numa casa como essa...

Sala de jantar, cozinha, quarto do bebê, quarto do casal... PER-FEI-TOS!

Legal mesmo foi conhecer de pertinho os crafters famosos: Lu Gastal (do Patchwork), Rita Paiva (da Revista Make), Cristina Luriko (do Crochê), Vitória Quintal (do Tricô), Peter Paiva (dos Sabonetes Artesanais)...


Rita Paiva e Lu Gastal
Lá pelas tantas, quando os pés estavam latejando de dor e o corpo exausto pelas 12h de andanças, decidi fazer um cursinho rápido para que eu pudesse me sentar em algum lugar, afinal estava tudo lotado... kkk Aprendi em 30 minutos a fazer uma linda clutch que, em breve, eu mostro para vocês, com o acabamento. E foram os 30 minutos mais prazerosos para um corpo tão cansado... kkk

Prof. Teresa Pedron e sua alegria ao saber que sou de SC como ela.

Na Mega Artesanal, não comprei exageradamente, pois já haviam me alertado que lá os preços não são em conta, pois como em toda feira o propósito é apresentar as novidades do mercado. Então comprei umas lembrancinhas, uns bibelôs, uma frasqueira especial para artesãs, uma régua para patchwork, uns botões da Lu Gastal e SÓ... kkk

Fizemos mais um lanchinho antes de voltar à terrinha. E a viagem de volta foi mais conturbada. Saímos às 19h, paramos para jantar às 22h, mas só conseguimos seguir adiante depois das 23h, pois o restaurante não estava preparado para atender tantos ônibus de uma só vez e, então, enfrentamos uma fila enorme para pagar a conta. Além disso, o ônibus ainda teve o pneu furado e ficamos mais uma hora parados na estrada. Por fim, cheguei às 8h30 em casa, quando o planejado era 5h.

Restou-me dormir o domingo inteiro, e como diz um ditado lá do facebook: o sono virou coma, de tanto que eu dormi... kkk

5 comentários :

  1. Importante é que valeu a pena todo sacrifício e cansaço! Voltou com a cabeça com novas ideias e novas possibilidades! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá!!!
    como nao pude ir a mega, estou adorando ler os posts das arteiras sobre a feira!!
    Ótima semana
    Beijos Teca

    ResponderExcluir
  3. Muito legal. Vi que aproveitaste bastante! Que bom!!!!!Bjo

    ResponderExcluir
  4. Que aventura proveitosa! Vi que foi bem aproveitada. Muito legal! Bjs

    ResponderExcluir
  5. querida Dani... quanto carinho... isso é esforço pra se ver de perto aquilo que admiramos; a feira estava linda e valeu a pena, não é??? beijos, bom descanso!

    ResponderExcluir

ATELIÊ PORTO POÁ - Copyright © 2014 - Todos os Direitos Reservados