Passeio Cultural

31 de agosto de 2014

Primeiro dia de férias, e um passeio cultural por Curitiba, numa caravana com amigas arteiras de Joinville e de Florianópolis. Saímos de micro-ônibus por volta das 8h30 do Pórtico de Joinville animadíssimas para cumprir a programação do dia. A primeira parada foi no Museu Oscar Niemeyer (MON) para apreciar a exposição Frida Kahlo – as suas fotografias; a segunda, no Mercado Municipal, onde almoçamos; e a terceira, na ExpoUnimed para gastar uns dólares na feira Quilt & Craft Show.


A exposição da Frida Kahlo, que foi prorrogada até 07 de dezembro no MON, é composta por 240 fotografias do acervo da pintora mexicana, categorizadas em seis eixos temáticos: as suas origens, retratando os pais Guillermo e Matilde; a Casa Azul, onde ela viveu por toda a vida; o corpo acidentado; os amores, a fotografia e a luta política. Além da exposição, há um documentário em exibição, com duração de 27 minutos, chamado “Natureza ferida. Memória viva de certos dias”, com depoimentos de pessoas que conviveram com Frida.

[Até procurei no Youtube para rever sem a pressa do relógio, mas não encontrei!].

Vale dizer que se você espera ver Frida como modelo fotográfico, engana-se. Poucas são as fotos de Frida em momentos particulares. A maioria retrata pessoas importantes na vida pessoal e profissional dela e, por esta razão, foram manuseadas com muito afeto, como aquela em que há um beijo impresso com batom em Diego Rivera, seu marido. Ou então, aquelas recortadas que, curiosamente, ela guardou ao invés de descartar. E, ainda, aquelas que contêm os seus pensamentos escritos no verso. [Para saber mais sobre Frida Kahlo, leia o artigo publicado neste link.]


Depois do almoço no mercado público, seguimos para a feira Quilt & Craft Show. Logo na entrada a mostra internacional de quilt com o que há de mais belo na arte têxtil. Em seguida, mais de cem estandes para enlouquecer os aficionados por artes manuais. É preciso autocontrole para não comprar tudo o que se vê pela frente, até porque nestas feiras tudo é mais caro. Das minhas comprinhas: um furador para fazer minhas próprias tags, um gabarito hexágono para fazer orinuno, um molde de almofada porta-controle de coruja e um bottom com a logomarca do evento.

No fim do dia, quando os pés já estavam latejando de dor, um lanchinho antes de voltar para casa. Fizemos um sorteio entre nós e, com muita sorte, ganhei uma kokeshi-Frida da Fabi Sehnem! \o/ Mais uma peça para minha coleção...


[Por conta de um acidente da BR, foi preciso pernoitar em Joinville. Eu, Tati, Ana e Manu ainda encerramos a noite numa pizzaria ma-ra-vi-lho-sa! Valeu, meninas!]

Um comentário :

  1. Bela iniciativa do grupo em realizar esse passeio cultural! \o/ Que venham outros ...

    ResponderExcluir

ATELIÊ PORTO POÁ - Copyright © 2014 - Todos os Direitos Reservados