Owl and Sewing Cat

9 de março de 2016

Como falei na postagem anterior, minhas férias de janeiro foram no interior da Inglaterra. Na programação, além de turistar pela cidade de Eastbourne e arredores, fui calibrar o inglês na St. Giles International. Dois caminhos eram possíveis até a escola: o mais longo pela beira-mar, quando o sol se abria, ou o mais curto pela rua paralela, quando chovia. Em ambos, eu passava em frente a uma lojinha de patchwork chamada Owl and Sewing Cat, situada atrás do Grande Hotel.

St. Giles International, Eastbourne, Inglaterra.

The Grand Hotel, de 1875, já hospedou Winston Churchill, Charles Chaplin, Arthur Conan Doyle e Rei Constantino da Grécia. Claude Debussy completou a sua sinfonia "La Mer" na suíte 200 em 1905.

Owl and Sewing Cat, atrás do Grande Hotel, bem pertinho da Escola St. Giles.


O trajeto todo durava 20 minutos. Da casa da família que me hospedou até a escola. Sem interrupções. Sobre a minha rotina: estudos pela manhã, caminhadas à tarde. Dos estudos, a segunda parte da aula era a mais divertida, com dinâmicas entre os alunos para troca de informações sobre os países-origem de cada um. Obviamente, fui muito questionada sobre futebol, e eu não entendo absolutamente nada sobre o assunto. Identifico o gol pela alegria eufórica da torcida... kkk A primeira parte era gramática, especialmente os tempos verbais.

Das caminhadas, o meu roteiro predileto era: Eastbourne Heritage Centre, The Wish Tower, The Bandstand, EastbournePíer e The Victorian – Tea Rooms, feito em quatro horas, após o almoço na própria escola. Era ótimo para digestão daquela comida hor-rí-vel! Para diversificar o trajeto, às vezes, eu incluía compras no Shopping Arndale Centre ou nas lojas próximas. Como anoitecia por volta das 16h30, gostava de estar no tea room neste horário, tomando o famoso chá inglês e apreciando o mar do Canal da Mancha e sua praia com areia pedregosa (!!!), antes de ir para casa.

Eastbourne Heritage Centre, construção de 1880, é o mesmo que Centro Histórico. Foi neste lugar que eu compreendi melhor a geografia da cidade, suas ruas e seus bairros. 

The Wish Tower, construída nos anos 1800, para proteger a Inglaterra da invasão napoleônica. Hoje é um espaço público para caminhadas pela beira-mar. Também um lugar de descanso. Há uma porção de bancos ao redor do monumento.

The Bandstand, construção de 1935, é uma espécie de coreto para apresentações musicais, casamentos e festas de fim de ano. No verão deve bombar!

Eastbourne Píer, construção de 1865. É muito próximo da casa onde me hospedei. Praticamente na esquina. Bastava atravessar a Grand Parade, nome da Avenida Beira-Mar.

The Victorian - Tea Rooms, localizado dentro do Píer, onde tomei o chá das cinco. Não sabia que se colocava leite gelado para amorná-lo. Eu AMEI o sabor da mistura!

Shopping Arndale Centre, onde eu gastava algumas libras nas lojas Primark e BHS, minhas preferidas pelas promoções e qualidade dos produtos. 


Voltando ao assunto inicial e de interesse das artesãs... A loja Owl and Sewing Cat foi fundada em 2010 por Tracey Dennis, e é dividida em dois ambientes: um para venda dos materiais e outro para os cursos de costura e de patchwork. Estes são ministrados por níveis de aprendizagem (iniciante, intermediário e avançado) para crianças, jovens e adultos. Dentre os produtos e serviços disponíveis, dois me chamaram a atenção pela originalidade: o Sew a Little Secret e o Club Membership.

O primeiro consiste no envio, por correio, de um projeto surpresa mensal, durante seis meses, para que a cliente-assinante possa costurar em casa. Os projetos são elaborados pela própria loja e são muito fofos: almofada, bolsa, ecobag, peso de porta... enfim... E o segundo é uma espécie de clube do patchwork, por meio do qual a cliente-sócia recebe um cartão de fidelidade e pode desfrutar de uma série de recompensas pela adesão: desde comprar tecidos com desconto até os cursos. Super curti as ideias!

Nesta loja, comprei um bottom com a marca da loja e um tecido com tema inglês: os soldados do Palácio de Buckingham. Nada mais. A propósito, tive mais sorte do que juízo. Em Londres, assisti a troca de guarda no Palácio um dia antes de embarcar! Foi tão emocionante! Lembrei-me dos tempos de Banda Marcial do Colégio Santa Rosa de Lima, em Lages (SC), onde malmente eu tocava lira e bumbo, e dos desfiles de 7 de setembro que valiam nota nas aulas de História... kkkk

Um comentário :

  1. Amei sua narração dos dias em que passou na Inglaterra!
    Com certeza um experiência única e inesquecível!
    Pra ficar na memória!

    ResponderExcluir

ATELIÊ PORTO POÁ - Copyright © 2014 - Todos os Direitos Reservados